24/07/14

.: CINEMA .: Em 2016, teremos Transformers 5, Star Trek 3...

Sabe, 2015 vai ser um ano complicado nos cinemas – afinal, quem vai querer competir com titãs como Os Vingadores 2: A Era de Ultron e Star Wars: Episódio VII? Pois bem: o ano seguinte, 2016, que já tem Batman v Superman: Dawn of Justice e Avatar 2 no circuito, vai ganhar um bocado de competidores à altura.


Durante a conferência CineEurope, realizada na Espanha, o VP da Paramount Pictures International para Europa e Ásia, Edward Ryan, confirmou que teremos o terceiro Star Trek – que, já se sabe, será a primeira tarefa de Roberto Orci (produtor e roteirista) na direção. Afinal, 2016 é o ano em que a franquia espacial de Gene Roddenberry completa 50 anos. Só que o executivo confirmou mais coisas…

2016 verá o quinto capítulo da franquia Transformers (novamente com Michael Bay como diretor? Ou ele finalmente vai largar o osso?), um terceiro G.I.Joe e ainda a continuação para João e Maria: Caçadores de Bruxas, já com Jeremy Renner confirmado na volta ao papel.

23/07/14

.: CINEMA .: Quem será o vilão do filme do Homem-Formiga?

O site JoBlo carimba: o filme do Homem-Formiga já tem um vilão – coisa que, até o momento, a gente ainda não sabia direito quem seria. Ele será Darren Cross, que pode ser interpretado por Patrick Wilson ou Corey Stoll. Esta parte ainda é mantida em mistério.

De qualquer maneira, Darren é um personagem que os fãs mais hardcore devem reconhecer dos gibis do Homem-Formiga, já da fase Scott Lang (não por acaso, o protagonista do filme, vivido por Paul Rudd). Ele é um industrial que comanda a Cross Technological Enterprises, competidora das Indústrias Stark. Graças a uma rara condição cardíaca, ele se submete a um experimento ainda não-testado que altera o seu sistema circulatório e o transforma em uma criatura rosada e gigantesca, meio Hulk, com superforça e resistência sobre-humana.

Há quem duvide que esta parte, da mutação, vá ser abordada no filme. O JoBlo, aliás, carrega a a informação para outro lado, já que tudo leva a crer que ele terá um uniforme similar ao do Homem-Formiga, militarizado, com um aparato similar a um conjunto de tentáculos saindo das costas. E, aí vem a informação mais relevante: nas cores preta e amarela. Te lembra algo? A gente refresca sua memória: Jaqueta Amarela.

Jaqueta Amarela foi uma das personalidades heróicas criadas pelo cientista Hank Pym, o inventor das partículas Pym, as mesmas responsáveis pela habilidade de diminuição do Homem-Formiga. No filme, o genial Pym será vivido por Michael Douglas, que terá muito mais um papel de mentor para Lang depois que o sujeito roubar seu traje e seus poderes. Duvidamos que ele vá ser o vilão – mas seria interessante que a identidade de Jaqueta Amarela, talvez mais uma criação de Pym, fosse “roubada” por Darren. E o enfrentamento dos dois seria uma boa homenagem.

Vale lembrar que, nos gibis, quando Pym assumiu o nome de Jaqueta Amarela, foi justamente em seu momento mais problemático. Além da desordem de personalidades múltiplas, foi nesta época em que ele brigou e acabou agredindo Janet Van Dyne, a Vespa, sua namorada, em um momento infame que os fãs lembram até hoje.

Com roteiro de Adam McKay e direção de Peyton Reed, Homem-Formiga chega aos cinemas dos EUA em julho de 2015.

22/07/14

.: CINEMA .: Daniel Radcliffe vai ser o Robin? Calma, minha gente.

Gente, vamos lá: lembram daquela entrevista, há algum tempo, quando Justin Timberlake falou que se tivesse que escolher um personagem do Batman para interpretar, que seria o Charada? Assim, displicentemente? Lembram do que aconteceu depois? Na imprensa especializada e nos fóruns de fãs, virou um lance assim: “Justin Timberlake vai ser o Charada” ou ainda “Justin Timberlake está interessado em ser o Charada”, quando, no fim das contas, não era nada disso. Era algo bem menor, dito dentro de outro contexto. Pois é.

Daniel Radcliffe, também conhecido como Harry Potter, em um bate-papo em vídeo com o BuzzFeed, foi questionado se toparia embarcar em uma nova franquia cinematográfica. Ele disse que sim e, claro, o apresentador questionou: qual? Na lata, Radcliffe falou: Batman. “Se eles fizerem outro reboot, eu faria isso. Está rolando, não está? Com Ben Affleck. Eu poderia ser o Robin. Seria perfeito”.

E foi isso. Apenas e tão somente isso. Nada de “Daniel Radcliffe vai ser o Robin” ou “Daniel Radcliffe está desesperado e venderia a mãe para ser o Robin nos cinemas”. Combinado?

21/07/14

.: CINEMA .: Rambo 5? Oh, yeah, baby!

E já se vão seis anos desde que Sylvester Stallone viveu, pela quarta vez, o veterano de guerra John Rambo no filme apropriadamente batizado com seu nome. Com um espetáculo de macheza e testosterona ambientado na Tailândia, Sly chegou a afirmar em algumas entrevistas que a trajetória do soldado estava encerrada. Mas parece que não era bem assim.


A produtora alemã Splendid Film revelou recentemente que comprou os direitos para o quinto filme da cinessérie Rambo, que vai trazer a ação de volta aos EUA. O anúncio foi feito pelo site ComingSoon.Net. Além de estrelar a película, Stallone deve também escrever o roteiro. A produção executiva, novamente, ficaria a cargo de Avi Lerner (que trabalha ao lado do astro na franquia Os Mercenários).

A intenção seria encerrar a franquia com chave de ouro, dando-lhe uma aposentadoria como aquela que pôde ser vista no excelente Rocky Balboa, sexto filme da franquia do boxeador, outro de seus personagens icônicos. Seguindo a linha do que o próprio Sly tinha comentado alguns anos atrás, veremos Rambo numa versão um pouco mais urbana, como aquela do primeiro filme, combatendo um cartel mexicano de drogas. E aí vem a parte mais ambiciosa: Stallone afirma que este novo Rambo será a sua versão para Onde os Fracos Não Têm Vez, premiada produção dos irmãos Coen. Drogas, Texas, um assassino psicótico… Algo se encaixa aí. Resta saber se o resto também. :D

Ainda não existe qualquer previsão de lançamento e tampouco se sabe se Stallone também será, como no filme anterior, diretor desta produção.

18/07/14

.: CINEMA .: Andy Serkis estará em Vingadores 2

Era apenas uma doce e inocente entrevista para a revista Variety a respeito de seu retorno ao papel do macaco Cesar em Planeta dos Macacos: O Confronto. Mas eis que então, quando questionado a respeito de sua participação em Os Vingadores: A Era de Ultron, o segundo filme do supergrupo de heróis da Marvel, o ator Andy Serkis revelou uma informação interessante. Ele não apenas vai dar consultoria para os efeitos de captura de movimento. Ele, efetivamente, terá um papel no filme.


Na verdade, ele deu uma resposta dupla – confirmando que tanto em Star Wars: Episódio VII quanto em Vingadores 2 ele vai, de fato, interpretar um personagem. Isso quer dizer que será algo diferente de sua participação no primeiro filme dos Vingadores, quando prestou consultoria e trabalhou ao lado de Mark Ruffalo para a captura de movimentos do Hulk, inteiramente produzido em computação gráfica.

No caso de Star Wars, a gente já sabia disso, porque Serkis foi anunciado como parte do elenco, com toda a pompa e circunstância. A gente só não sabe se será um personagem como o Gollum de O Senhor dos Anéis e O Hobbit, também vivido por ele, que deu voz e ainda fez a captação de movimentos, ou se será algo efetivamente como ator, cara limpa, a exemplo do que pudemos ver em O Grande Truque, no qual ele é o assistente do Nikola Tesla vivido por David Bowie.

Mas sobre este lance dos Vingadores, é tudo novidade. Obviamente, acreditava-se que ele continuaria ajudando com o Hulk de Ruffalo e ainda daria uma força para a captação de movimentos do Ultron, andróide psicopata e vilão do filme, cuja voz será de James Spader. Sobre viver um papel só seu, ainda é tudo inteiramente novidade. Alguém arrisca uma aposta?

17/07/14

.: CINEMA .: Novos vilões em Batman v Superman?

O sempre bem informado site Latino Review garante e carimba a informação de que Batman v Superman: Dawn of Justice terá mais três personagens vilanescos em sua trama, ainda sem atores escalados. Por enquanto, não existe confirmação oficial mas, todavia, é preciso levar em consideração que o site tem um histórico de ótimos acertos no que diz respeito a esta produção, em particular.

Quando dizemos “personagens vilanescos”, entenda que os três devem ter participações menores, quase como aparições ocasionais, para mexer com os fãs mais hardcore, que têm olhos e ouvidos atentos. No entanto, o grande vilão continua sendo, até segunda ordem, Lex Luthor. Um destes nomes será Morgan Edge, velho conhecido dos leitores do Super-Homem. Trata-se do líder do grupo de mafiosos conhecido como Intergang. No filme, ele seria uma espécie de relações públicas da Lexcorp, que nós veríamos pela primeira vez em embate direto com Lois Lane em um talk show televisivo. Edge e Luthor teriam sido, na juventude, membros de uma gangue.

Outro personagem seria o assassino profissional David Cain. Enquanto, nos quadrinhos, ele foi um dos homens que treinou o Batman, fazendo parte da chamada Liga dos Assassinos, no filme ele teria um encontro com o guarda-costas de Luthor, Mercy Graves, para tramar um assassinato. A vítima seria a própria Lois? Ou um certo Bruce Wayne?

Para completar a trupe, ninguém menos do que o assustador Victor Zsasz. Leitores do Batman devem se lembrar dele como o serial killer maníaco que anda por aí com uma faca e faz uma marca em seu corpo para cada vítima que mata. Zsasz deve aparecer no começo do filme, dando um pouco de trabalho para o Batman antes do Morcegão seguir para Metrópolis, para encontrar o o bom moço azulão. Zsasz tinha feito uma pequena ponta, quase imperceptível, em Batman Begins.

Mas calma, ainda não vá embora. A informação do Latino Review vem com um bônus – uma personagem que todos nós imaginaríamos que acabaria aparecendo em algum momento, considerando um universo DC integrado nos cinemas e um vindouro filme da Liga da Justiça. A senhorita se chama Amanda Waller. No filme, ela deve ser uma senadora com uma presença intimidadora, que não confia no Super-Homem, o enxerga como uma ameaça e surge com uma contra-medida para detê-lo. Seria esta contra-medida o Batman? Ou a Iniciativa Liga da Justiça? :)

Vale lembrar que, além de ter dado as caras naquele tenebroso filme do Lanterna Verde (que todos nós preferimos esquecer), Waller ainda apareceu na última temporada de Arrow, como responsável pela aparição do Esquadrão Suicida. Teríamos aí uma trama integrada, com a mesma atriz e tudo? A saber.

16/07/14

.: CINEMA .: Planeta Hulk nas telonas?

Ah, James Gunn, este sacana. O diretor do filme dos Guardiões da Galáxia está sabendo como usar as redes sociais para esquentar o clima de empolgação para o lançamento de seu filme (escola Bryan Singer/Zac Snyder de ser). Eis que ele usa o Twitter para soltar uma foto que dá margem à MUITAS interpretações.

Na imagem, o próprio James posa à frente de uma nave e um soldado Sakaaran. Bom, se você é um leitor dedicado da Marvel, com certeza sabe quem são os Sakaaran. A raça dominante do planeta distante para o qual o Hulk é enviado, por seus próprios camaradas, na excelente saga Planeta Hulk. Tratado como gladiador nos campos de batalha dos Sakaaran, o Golias Esmeralda logo faz seu lado Russell Crowe aflorar, inicia uma rebelião, derruba o tirano que toma conta do planeta e se torna, ele mesmo, o rei. O retorno do grandalhão para a Terra, em busca de vingança contra Tony Stark, Reed Richards e companhia, que o enxergaram como ameaça, seria inevitável.


Os executivos da Marvel, oficialmente, têm negado toda e qualquer possibilidade de termos Planeta Hulk nos cinemas. Isso há muito tempo, desde o primeiro filme dos Vingadores, quando Mark Ruffalo roubou a cena e começou o questionamento sobre uma nova película solo para ele. Mas, veja só, pense aqui com a gente. Isso pode ser apenas uma graça de Gunn, um easter egg para fãs. Pode. Só que sabemos que, dificilmente, este tipo de referência é gratuita nos filmes da Marvel.

Considere ainda o boato que surgiu, há cerca de uma semana, sobre o Hulk ser exilado no espaço ao final de Os Vingadores: A Era de Ultron, encontrando com os Guardiões da Galáxia e fazendo uma espécie de link com o segundo filme dos caras e, claro, com a terceira película dos Vingadores, que deve ter Thanos como vilão. Seria Hulk o convidado especial da segunda aventura de Peter Quill e seus amiguinhos?

Que o senhor dos nerds nos abençoe porque, uau, este é um momento e tanto para ser leitor dos gibis da Marvel e da DC e ver coisas como esta realmente tendo chance real de acontecer. :D

15/07/14

.: CINEMA .: Kevin Smith visita o set de filmagens de Star Wars: Episódio VII

No último dia 30 de junho, o diretor Kevin Smith postou uma foto no Instagram, revelando que atendeu a um convite do diretor J.J.Abrams para visitar o set de filmagens de Star Wars: Episódio VII, nos Pinewood Studios, na Inglaterra. Embora tenha deixado claro que não poderia comentar nada, já que assinou um documento de confidencialidade, Smith fez questão de declarar: “a Força está com este filme”.


No entanto, no dia 5/7, ao falar em um painel durante o Neuchâtel International Fantastic Film Festival realizado na Suíça, era de se esperar que ele fosse publicamente questionado. “Abrams me mandou um e-mail, do nada, enquanto eles estavam filmando em Abu Dhabi, no mês passado”, explicou o cineasta – nerd declarado e fã de carteirinha de Star Wars (basta lembrar do lendário diálogo sobre os trabalhadores que construíram a Estrela da Morte em O Balconista, seu primeiro filme). “Então, fomos ao set e eles estavam rodando de verdade. E estavam rodando – não posso dizer o que estavam rodando. Mas eu simplesmente amei o que vi”.

Smith afirma que foi tudo muito tátil. “Nada de uma série de malditas telas verdes e azuis, apenas para adicionar depois os personagens digitais. Estava acontecendo ali. Eu vi uniformes, vi armamento que eu não via desde que era um garoto. Vi eles rodando uma cena real no set de filmagens. Eu andei por ele, tinha explosões. E parecia, de fato, uma cena de um filme de Star Wars”. Smith ainda teve a chance de dar um passeio pelo estúdio M, onde viu a réplica em escala real da Millennium Falcon e pôde até dar uma volta dentro dela.

“Abrams está construindo um mundo no qual se pode tocar”, finaliza Smith. “E ele está replicando tudo com o amor de alguém que tem uma das maiores coleções de bonequinhos de Star Wars em todo o mundo”.

14/07/14

.: MONDO NERD .: 11ª edição do Anime Friends traz atrações para diferentes públicos


Chega a sua 11ª edição, o maior evento de cultura pop e entretenimento da América Latina, o Anime Friends. Com mais de 100 atrações, durante 8 dias, o evento oferece atividade para todos os públicos, desde os aficionados pela cultura japonesa e a cultura norte americana, até para aqueles que desejam apenas apreciar uma boa música ou curtir a gastronomia internacional. As atrações podem ser conferidas do dia 17 a 20 e 24 a 27 de julho, no Campo de Marte.

A programação vem sendo destacada pela cultura japonesa ao longo dos anos e esta edição ganha um mix maior de atividades e interações voltadas para todos os públicos. Mais de 10 bandas e músicos, nacionais e internacionais, já confirmaram a participação no evento, como, Família Lima, Tihuana e a banda Flow, intérprete do tema do anime Naruto.

Os pais poderão incluir o evento na programação de férias dos seus filhos que terão a oportunidade de conhecer e cantar com dubladoras de Elsa e Anna, de Frozen, filme de animação musical produzido pela Walt Disney, além de conferirem as lojas da Barbie e do Hot Weels, com promoções e lançamentos de produtos.

Os jogos de mesa e tabuleiro, terão um espaço exclusivo para competição e aulas para aqueles que querem apreender. Já a geração x, poderá matar a saudade e relembrar de personagens que marcaram a história do cinema, com o espaço Jedicon e a Expo Trekkers.

Para Helder Varisco, coordenador de atrações do Anime Friends, o evento oferece uma variedade enorme de atrações e atividades para toda a família. “O evento é um ponto para fãs de todo o Brasil se encontrarem, trocarem experiências e fazerem novas amizades, aproveitando toda a estrutura e segurança oferecida no local.”

Para os fãs da cultura pop, animes e mangás, muitas novidades estão por vir. Uma delas é a presença confirmada do escritor de X-Men, Chris Claremont. Além do concurso de karaokê valendo uma viagem para o Japão.

O Anime Friends espera receber mais de 100 mil visitantes. “São mais de 250 caravanas cadastradas, que vem de todo o Brasil e de países do exterior como Argentina, Chile e Japão, que confirmaram a participação no evento para este ano.” finaliza Helder.

Serviço: Anime Friends 2014
Av. Santos Dumont, 2241 - Santana, São Paulo/SP
Aeroporto Campo de Marte (próximo ao metrô Santana)
Dias 17, 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27 de Julho
Horário: Dias 17 e 24, das 12:00 às 21:00 / Demais dias das 10:00 às 21:00
Site: www.animefriends.com.br
Ingressos: a partir de R$ 25,00

11/07/14

.: CINEMA .: Tom Hardy ou Benedict Cumberbatch como Doutor Estranho?

Depois da confirmação de Scott Derrickson (O Exorcismo de Emily Rose) como o diretor do filme do Doutor Estranho, a Marvel Studios está na correria para tentar fechar o nome do protagonista da película.

O colunista Mike Fleming Jr., do informativo especializado Deadline, carimba que eles têm dois nomes preferenciais, ambos com uma interessante base de fãs. O primeiro deles é Tom Hardy, o Bane de Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge. E o outro é, que rufem os tambores, Benedict Cumberbatch, ninguém menos do que o Sherlock e o vingativo Khan de Além da Escuridão: Star Trek. As #cumberbitches pira.

Vale lembrar que, apesar de estarem na lista de favoritos do estúdio, nada garante uma negociação fácil e que o ator a ser anunciado seja essencialmente um dos dois – afinal, além de valores, a negociação também passa por uma questão de agenda. E tanto Hardy quanto Cumberbatch se tornaram, recentemente, queridinhos de Hollywood, com uma farta oferta de projetos.

Apenas para botar mais lenha na fogueira: assim que o nome de Derrickson foi confirmado na direção, surgiu junto com ele um boato a respeito de um interesse por Jared Leto para viver o Mago Supremo da Terra. Muita gente torceu o nariz, mas uma coisa é fato: ele é muito melhor ator do que cantor. Seria uma seleção estranhamente interessante. :)

10/07/14

.: MÚSICA .: Spotify revela quais músicas deixam seus usuários mais felizes

A música é apontada por estudiosos como uma das maiores fontes de felicidade na vida de pessoas de todas as idades. Pensando nisso, o Spotify, maior serviço de streaming de música do mundo, identificou quais canções têm deixado os usuários da plataforma mais felizes.

Considerando milhares de playlists criadas por usuários de todas as partes do mundo e levando em conta a carga emocional positiva de cada faixa, o Spotify montou um ranking com as dez músicas mais utilizadas em playlists inspiradas por temas alegres ou que contenham a palavra “happy” no título. Como não poderia ser diferente, o hit “Happy”, de Pharrel Williams, encabeça a lista com folga.

Em segundo lugar no ranking das canções mais felizes do Spotify, ficou a faixa “Best Day Of My Life” do grupo American Authors, seguida de perto por “The Walker”, de Fitz and the Tantrums, e por “Rather Be”, sucesso dos Clean Bandits. Outros artistas que aparecem na lista incluem Calvin Harris, com a faixa “Summer” e Bastille, com “Pompeii”.

Confira a playlist criada pelo Spotify, com as dez canções mais felizes da plataforma:

Spotify’s Happiest Songs
1. Happy - Pharrell Williams
2. Best Day Of My Life – American Authors
3. The Walker – Fitz and The Tantrums
4. Rather Be – Clean Bandit feat. Jess Glynn
5. Digital Witness – St. Vincent
6. Safe and Sound – Capital Cities
7. Summer – Calvin Harris
8. Sponge Won’t Soak – Wild Moccasins
9. Come Home – Chappo
10. Pompeii - Bastille

09/07/14

.: MONDO NERD .: Carlton Banks estará no Brasil Comic Con

O Brasil Comic Con, voltado para fãs e profissionais de quadrinhos, cinema, videogame e séries de TV e que será realizado em São Paulo nos dias 15 e 16 de novembro, acaba de confirmar mais uma grande atração internacional para o evento: Alfonso Ribeiro, ator, diretor, dançarino e apresentador de TV americano, que ficou famoso por interpretar Carlton Banks, primo de Will Smith no seriado The Fresh Prince of Bel-Air (No Brasil, “Um Maluco no Pedaço”).

O seriado cômico – produzido pela rede americana NBC – fez muito sucesso no Brasil na década de 90 e início dos anos 2000, quando exibido pelo SBT, e tinha como protagonista o ator Will Smith. Com seu jeito nerd e extrovertido e suas danças superengraçadas, Carlton Banks também caiu no gosto do público. Além do enorme sucesso, o personagem deu reconhecimento internacional ao ator, que em 2013 participou do reality show britânico I’m a Celebrity...Get Me Out of Here!

Conhecido também pela carreira de dançarino, durante a infância, Alfonso atuou em comerciais publicitários, incluindo uma propaganda da Pepsi com Michael Jackson, e no musical da Broadway “The Tap Dance Kid”.

Alfonso participará do primeiro dia do Brasil Comic Con – sábado, 15 de novembro – quando realizará uma palestra e participará de sessão de fotos com o público. Fãs do Carlton que quiserem uma foto com o ator podem comprar um voucher de R$ 115,00 (Photo Op). As vendas já começaram e as vagas são limitadas.

Serviço: 2º Brasil Comic Con
Quando: 15 e 16 de novembro de 2014
Onde: Centro de Eventos Pro Magno - www.promagno.com.br
Av. Profª Ida Kolb, 513 – Casa Verde – São Paulo
Realização: Yamato Comunicações e Eventos – www.yamatocorp.com.br
Ingressos em venda antecipada: R$115,00 a inteira e R$57,50 a meia- entrada, por dia
Ingressos na porta: R$ 138,00, a inteira, e R$ 69,00, a meia-entrada, por dia
Meia-entrada: válida para estudantes e doadores de um quilo de alimento não perecível, exceto sal e açúcar.

08/07/14

.: CINEMA .: Vimos 17 minutos de Guardiões da Galáxia e...WOW!

Em parceria com Renan Martins Frade, para o JUDÃO (www.judao.com.br)

Desde que a Marvel anunciou a produção da versão cinematográfica de Guardiões da Galáxia, a coisa que mais se tem ouvido falar a respeito do filme é que se trata da “aposta mais arriscada do estúdio até o momento”. O termo foi usado repetidas vezes, inclusive, no debate que se seguiu à exibição na noite desta segunda-feira (07/07) de 17 minutos da produção dirigida por James Gunn num evento apenas para convidados na cidade de São Paulo. Mas qualquer um que tenha tido a chance de conferir a sequência saiu sem quaisquer dúvidas a respeito: Guardiões da Galáxia não é uma aposta de risco. Muito longe disso. É a Marvel buscando um grupo de personagens relativamente desconhecidos do grande público e revestindo sua aventuras com o DNA de humor e ação das produções cinematográficas que eles vêm lançando até o momento, aproveitando ainda o ensejo para abrir as portas para a sua galeria de personagens espaciais.

Se todos os ótimos trailers já colocavam todas as expectativas lá em cima, estes 17 minutos carimbam: estamos diante do que deve ser um dos filmes mais divertidos do ano. Arriscamos dizer, inclusive, que tem grandes chances de ser tão bom quando o segundo Capitão América – o que seria, vejam, um feito considerável. Guardiões da Galáxia não tem nada de arriscado. É a Marvel sendo pura e simplesmente Marvel. E, neste caso, isso é ótimo. :)

A cena que pudemos ver (sim, meu caros, o JUDÃO esteve lá, devidamente representado por estes dois simpáticos escribas) começa seca (ou seja, há algumas coisas ANTES dela, no começo do longa, que não foram exibidas na oportunidade) e é essencialmente a prisão dos integrantes do grupo – que, neste caso, ainda não são um grupo, mas apenas um bando de seres esquisitos envolvidos, de uma forma ou de outra, na roubo de um artefato ainda não revelado (uma orbe, que provavelmente está relacionada à Manopla do Infinito e suas tão famosas joias) e que tem relação direta com Ronan, o Acusador.


Detalhe: a belíssima guerreira esverdeada Gamora (Zoe Saldana) é diretamente citada como sendo a herdeira de Thanos, o titã louco – o que é mais do que uma pista de que ele deverá estar, de alguma forma, na trama (Oi, Josh Brolin! =D). Some a isso o fato de que ela é diretamente acusada de trabalhar para Ronan e, bingo: quando o quinteto chega à unidade prisional controlada pela Tropa Nova, dá para perceber que eles estão longe de ser recebidos com empolgação pelo restante dos presos, já que seres de todas as partes do universo foram vítimas do braço forte de Ronan.

Percebemos ainda uma espécie de tensão entre as espécies de Drax (Dave Bautista, assustador em sua gana por sentar a porrada em tudo o que que vê pela frente, com um olhar psicótico que dá a impressão que ele vai explodir a qualquer momento) e Gamora – sexy e, de longe, a personagem mais séria da parada. Chris Pratt está ótimo como Peter Quill, o terráqueo que arruma uma baita confusão na cadeia quando descobre que alguém está ouvindo o seu walkman, as suas músicas, veja só! E o mais legal é que ele é praticamente o nosso guia nesta jornada, um sujeito para quem é tudo novo e que está descobrindo quem são aquelas espécies e como elas se relacionam. É o nosso olhar humano neste rico mundo novo espacial.

Mas a presença dos três acaba sendo eclipsada por aqueles que, já se sabia, são definitivamente os grandes destaques do filme: o guaxinim falante Rocket Raccoon (que, nas legendas, é chamado apenas de Rocky, nome adotado nos gibis brasileiros, por mais que em algumas falas em inglês ouçamos um “Rocket” e, em outras, apenas o “Rocky”) e a árvore-humanóide Groot. No caso deste último, descobrimos que seu olhar bondoso e seu jeito inocente, grandalhão e um tanto desengonçado, são de uma doçura encantadora. Mas em batalha, ele mostra um lado bastante interessante, aumentando seus membros ampliando pedaços de madeira para fazer escudos e tornando-se a força bruta que todo grupo de super-heróis precisa ter. É justo comentar: quando o diretor Gunn afirmou que, por mais que a única frase que ele diga é “Eu sou Groot”, a dublagem de Vin Diesel dá um tom diferente para cada ocasião, a gente riu. Mas faz MUITO sentido. O “Eu Sou Groot” que ele diz quando está enfurecido tem uma pegada diferente – e bem mais assustadora – do que o “Eu Sou Groot” que é dito quando ele quer conversar e se explicar. Em dado momento, você acha até que está entendendo o que ele quer dizer.

Claro, não poderíamos deixar de falar de Rocket, o guaxinim mal-educado com a metranca em mãos e que vai ser, de longe, a maior graça do filme. Dublado com inteligência por Bradley Cooper (que parece uma excelente escolha, já de imediato), ele é muito mais do que um Wolverine em miniatura. Fazendo eco diretamente na reinterpretação dos Guardiões da Galáxia nos quadrinhos lançados em 2008, Rocket é também um diminuto gênio científico. Irascível, ele não aceita receber ordens de ninguém. Sacaneia Peter Quill em uma cena simplesmente impagável. E planeja uma rota para fugir da cadeia que parece coisa de maluco, um plano mirabolante do tipo Cebolinha. Mas que, de maneira genial, funciona bem melhor do que parece.

A sequência de luta no meio do pátio da prisão espacial, gerada essencialmente pelo plano de fuga de Rocket, é impressionante, com adrenalina suficiente para te deixar grudado na cadeira. E a ação está perfeitamente dosada com uma quantidade considerável de humor, mais ainda do que nos outros filmes da Casa das Ideias – o que é, igualmente, uma referência direta ao atual momento dos quadrinhos. Mas não imagine nada exagerado. O humor está ali, tem seu espaço, tem seu papel. Mas não é uma comédia. É algo que funciona bem, de maneira assertiva e acertada.

No fim, estes 17 minutos cumpriram rigorosamente o seu papel: nos deixaram com água na boca para ver o filme completo o quanto antes.

Para você entrar no clima, a gente te mostra o novo trailer estendido do filme, que também pudemos ver em primeira mão na noite de ontem mas que está disponível na web para a sua glória e deleite… E a som de Cherry Bomb, clássico das Runaways. ;)