27/06/2008

.: QUADRINHOS .: Chuck solta o verbo

Você não adora quando os escritores de gibis norte-americanos saem de uma das duas grandes empresas do ramo soltando fogo pelas ventas – e disparando petardos para todos os lados? Eu acho simplesmente mágico, porque ajuda a mostrar aos fanboys que, do lado de dentro das portas da Marvel e DC, existem pessoas reais, fazendo cagadas reais. Recentemente, foi a vez do veterano Chuck Dixon. Quando anunciou a sua saída da Distinta Concorrência, ele nem falou muito sobre o assunto, coisa e tal. Mas foi só ver os comentários de Greg Hatcher, um dos editores do blog especializado Comics Should Be Good, para que Dixon se conectasse e, nos comentários, mostrasse a sua versão dos fatos. "Não culpe meus editores. A DC, atualmente, é administrada de cima pra baixo de um jeito que faria os piores momentos de Jim Shooter na Marvel parecerem uma comunidade hippie".


Uau. Para quem não se lembra, Shooter foi editor-chefe da Marvel nos anos 80, cuja postura de ditador com argumentistas e desenhistas é lembrada até hoje como lendária. “A diferença entre o reinado de Shooter na Marvel e o atual na DC é que Shooter foi bem-sucedido em aumentar as vendas e também no planejamento de longo prazo". E como o próprio Dixon esteve na Marvel durante a gestão de Shooter, ele pode falar com toda a propriedade do mundo. “Ele era uma liderança na Marvel e não mudava os rumos da empresa cinco vezes por dia”.

Que medo. Será que a crise por trás da “Crise Final”, com seus atrasos e erros cronológicos evidentes, ainda vai piorar? Será que esta é a própria crise final da DC?

...você não ama quando eu encerro meu texto com estes comentários catastrofistas?

Nenhum comentário: