30/11/2009

.: MÚSICA .: Review CD .: Ninguém Beija como as Lésbicas (Velhas Virgens)

Dá gosto ver que, mesmo depois de duas décadas de carreira, os paulistanos da banda das Velhas Virgens não se acomodaram. Depois de voltarem à sacanagem roqueira com força total em “Cubanajarra” (2006), uma recuperação surpreendente após o sem graça “Com a Cabeça no Lugar” (2004), o sexteto vai além em seu novo disco de inéditas, “Ninguém Beija como as Lésbicas”. É um álbum que refina ainda mais a mistura de rock clássico e blues do grupo, chegando a flertar com o punk e com o ska em algumas faixas, sempre com doses generosas de vigor e energia. As letras ainda viajam pelos conhecidos temas do sexo, da cerveja e da cafajestagem. Mas o ouvido mais atento vai perceber, nas entrelinhas, que estes caras estão sabendo envelhecer e enxergar a vida com muita sabedoria…

::: Leia a minha resenha completa no Judão

Nenhum comentário: