10/04/2010

.: QUADRINHOS .: Vida e Morte dos Super-Heróis

Está vivo! Ou melhor, o mais correto seria dizer "estão vivos". Sabe a megasaga "Blackest Night", da DC Comics? Pois é. O último número, que também serve de introdução para "Brightest Day", acaba de sair nos Estados Unidos. Na luta final contra o vilão Nekron, responsável pelo surgimento dos Lanternas Negros (aqueles mesmos que andaram trazendo de volta personagens da editora em forma de zumbis), os Lanternas Verdes se unem ao poder da "Entidade", uma versão para o que seria Deus, coisa e tal. Sob a forma de Lanternas Brancos, eles liberam uma energia que ressuscita uma grupo enorme de heróis e vilões. Além do Aquaman, que já eu tinha citado por aqui, retornam Ajax, Maxwell Lord, Rapina, Jade, Flash Reverso, Capitão Bumerangue, Gavião Negro, Mulher-Gavião (no caso, a antiga, Shiera Hall), Osíris, Nuclear (ou, no caso, Ron Raymond, seu antigo alter-ego) e Desafiador. Caso você esteja se perguntando a respeito deste último - cujo conceito sempre foi o de um herói que estava, bem, efetivamente morto, um espírito - quem voltou ao mundo dos vivos foi sua versão humana, Boston Brand. O que é, na falta de uma palavra melhor, bem esquisito. De qualquer maneira, dá uma olhada na arte promocional de David Finch, agora artista exclusivo da Distinta Concorência.

Está morto! Sei que não é lá uma notícia inédita dizer que a Marvel está anunciando a morte de um dos personagens dos X-Men. Afinal, os mutantes morrem e ressuscitam tanto quanto o Roland Emmerich faz filmes ruins, tipo capim mesmo. Mas tudo bem, a obrigação nerd me leva a noticiar o fato. A editora soltou um teaser da saga "Second Coming" - e como você pode ver, a chamada é bastante provocativa: "Para salvar o mundo, um destes X-Men irá morrer". Retratados na imagem, você vê, da esquerda para a direita, os candidatos à terra dos pés juntos: Colossus, Magia, Homem de Gelo, Anjo, Emma Frost, Noturno e Cable. Em quem você aposta? Pelo que lembro, o Colossus já morreu, o Anjo já morreu, a Emma Frost já morreu, o Cable já morreu algumas muitas vezes e a Magia acabou de voltar do túmulo. Agora, cá entre nós: manda logo o Cable, porque o personagem nunca sequer teve motivo para existir, mais uma destas crias malditas do Rob Liefeld. E, em nome de Odin, que a Marvel nem sequer considere a hipótese de matar o Noturno, o personagem mais legal de toda a família X! Humpf!

3 comentários:

RicardolbSdA disse...

aí só tem buchas(não incluindo o cable, o cabra é foda), sejamos sinceros sobre qual diabos será o impacto em mortes como a de; colossus!? noturno!? argh... o resto nem vale a pena sequer ser mencionado.

Fabio disse...

Olha eu não sei não mas acho que o Noturno já morreu lá pelos idos da década de 90. Eu jurava que quando anunciaram a saga dos Skrulls iam dizer que ele era um, porque o Noturno que eu conheci e que era meu personagem favorito do mundo X não é essa coisa que anda por aí não.

jamile disse...

cable não!! cable v2 tá muito bom e o segundo advento tb, mas colossus e noturno não fazem diferença nenhuma pra nada, colossus foi legal em astonishing, mas já pode morrer(ai, coitado...) e noturno, apesar de toda minha simpatia por ele, só tem o poder util pra equipe. mas, e se emma morrer, o q acontece com o coitado do scott?