13/07/2010

.: CINEMA .: Edward Norton não esmaga mais ninguém!

Na época em que foi escalado para ser Bruce Banner em “O Incrível Hulk”, o ator Edward Norton esteve no epicentro de uma polêmica nos bastidores – segundo consta, arrumando a maior confusão para mudar o roteiro, usando e abusando de seu status de astro que também é fã de quadrinhos e queria ver as coisas acontecerem direito. O diretor Louis Leterrier ficou só olhando e nem se meteu.

Reza a lenda que o resultado final, que eu particularmente acho muito bom, saiu meio retalhado, à base de muito stress entre o astro e o Marvel Studios. Justamente por isso é que todo mundo estava tentando entender se Norton seria chamado novamente para o papel de Banner no filme do grupo “Os Vingadores”. Esta semana, acabou o mistério. Em comunicado oficial assinado por Kevin Feige, presidente de produção, Norton ficou oficialmente de fora.

O texto de Feige tem tom pouco simpático: “Nossa decisão definitivamente não é baseada em fatores monetários, mas ancorada na necessidade de um ator que divida a criatividade e o espírito colaborativo dos nossos outros talentosos integrantes do elenco”. Porrada na orelha. E ainda completa: “Esperamos anunciar o nome do ator que preencherá esses requisitos e seja apaixonado por esse icônico personagem nas próximas semanas”. O barraco estava armado.

Os agentes de Edward Norton ficaram doidos da vida e responderam à altura: “Nós sabemos que inúmeros fãs expressaram seu descontentamento com esse resultado. Mas isso não é desculpa para os comentários ofensivos de Feige. (...) A declaração de Feige não é profissional, é cheia de falsidade e claramente difamatória. O talento de Norton, sua ética de trabalho e integridade profissional merecem mais respeito, assim como os fãs da Marvel".

Mas, colocando panos quentes da história toda, o geralmente avesso à declarações Edward Norton falou com os fãs via Facebook, dizendo algo como: “Eu sinceramente torci para que rolasse e fosse ótimo para todo mundo, mas não saiu como eu esperava. Sei que isso desaponta muita gente, e me entristece. Mas sou sinceramente grato à Marvel por estender a oferta e por ter me dado uma chance de fazer parte da longa e excelente história de Hulk. (...) Cresci com Banner e Hulk e sou fã de todas as versões. Tenho orgulho e me sinto abençoado de ter sido um deles e estou ansioso para vê-lo sendo vivido por outros atores. O Hulk é maior do que todos nós e é por isso que o amamos, não é?”. Sim, pelo menos maior do que eu ele é.

Enquanto isso, os boateiros de plantão afirmam que o muito louco Joaquin Phoenix estaria prestes a sair de sua aposentadoria como músico (?) de rap (??) para viver o raivoso cientista irradiado por raios gama. Papo estranho.

Nenhum comentário: