01/07/2010

.: QUADRINHOS .: Oh, não. Jeph Loeb?

É, ele mesmo.

Os caras do blog Melhores do Mundo descreveram esta notícia como sendo o maior "Perdeu, Marvete" de todos os tempos. A frase faz todo o sentido. Afinal, talvez inspirada pelas recentes movimentações corporativas de sua rival, a DC, a Marvel Entertainment deu a Jeph Loeb (o sorridente camarada na foto ao lado) o cargo de vice-presidente executivo do recém-criado departamento de TV da empresa. O que isso significa, basicamente? Que ele vai cuidar das adaptações dos personagens da editora para a TV e em lançamentos diretamente para DVD, seja em filmes live-action ou novas séries de animação - ramo no qual a Marvel vem apanhando da DC ano após ano.

Talvez os chefões da Marvel tenham se empolgado com o currículo televisivo/cinematográfico de Loeb, que foi roteirista de "Comando para Matar" (aquele do Schwarzenegger) e "O Garoto do Futuro" (com o Michael J.Fox versão lobisomem adolescente). Mas parecem ter convenientemente se esquecido do fiasco que foi a sua participação nas equipes de roteiristas das séries "Heroes" e "Smallville" (O HORROR, O HORROR!).

E isso sem falar da passagem dele pelos gibis. Tá bom, o cara escreveu "Batman - O Longo dia das Bruxas", que é muito bom. Mas também foi responsável por "Batman - Silêncio", que é ruim de doer. Na Marvel, fez as séries coloridas "Hulk - Cinza", "Demolidor - Amarelo" e "Homem-Aranha - Azul", que são muito boas. Mas aí, recentemente, inventou o Hulk Vermelho. E quando deram na mão do cara a missão de continuar o trabalho de Mark Millar em "Os Supremos", a versão ultimate dos Vingadores, a casa caiu total. E surgiu uma das porcarias mais retumbantes que os gibis de heróis já presenciaram nos últimos anos.

Numa boa? Precisamos neste cargo de um sujeito que entenda os personagens de fato - como é o caso do Geoff Johns na Distinta Concorrência. Por que não pensar em alguém como o próprio Millar? Ou o Bendis? Precisava ser o Loeb, catso? E eu achando que "O Espetacular Homem-Aranha" representava uma reação da Marvel neste mercado. Vai sonhando.


Bem que a Marvel podia ter pegado alguém da Disney emprestado para esta posição, numa boa.

Perdeu, Marvete.

Nenhum comentário: