18/03/2011

.: TELEVISÃO .: Os obscuros super-heróis da animação oitentista

Ah, a doce infância dos anos 80 e suas lembranças maravilhosas. Aquelas intermináveis manhãs à frente da televisão, curtindo os melhores desenhos animados que o Xou da Xuxa, o Clube da Criança, a Mara Maravilha, o Bozo, Sérgio Mallandro e outras pérolas da nossa telinha brazuca podiam oferecer. He-Man, Thundercats, She-Ra, Transformers, Comandos em Ação, Caverna do Dragão, Tartarugas Ninja e tantos outros heróis animados de ação se tornaram rapidamente clássicos absolutos para uma legião de marmanjões hoje na casa dos 20/30 anos, aqueles mesmos que ainda ouvem Trem da Alegria e Balão Mágico naquelas bizarras festas temáticas aqui e ali. Mas...em algum lugar entre os planetas de Etérnia e Cybertron, um verdadeiro universo de ooooooooooutras atrações também se dividia entre Globo, SBT e afins e fazia a cabeça da molecadinha. Nós temos certeza que, embora você talvez não se recorde dos nomes de todos estes desenhos, você vai acabar se recordando deste ou daquele herói mais obscuro que você adorava. Garanto. Prepare-se para uma viagem no tempo rumo aos anos 80 da animação heróica:

SEIS BIÔNICOS
O meu favorito, disparado. Os seis integrantes da família Bennet que, depois de um acidente, são submetidos a um tratamento experimental e ganham pedaços biônicos em seus corpos – além de uma bela coleção de superpoderes, claro. Eles passam a combater o mal – com destaque para a excelente gangue do Doutor Escaravelho.
Abertura: ASSISTA!

SILVERHAWKS
Liderados pelo comandante Stargazer e pelo incansável Quicksilver e seu Falcão Biônico, os Silverhawks são uma espécie de patrulha da galáxia, ciborgues capazes de voar pelo cosmos a partir de seu QG, o Ninho dos Falcões. Em sua saga para defender o universo das forças do mal, sempre cruzam o caminho do abominável Monstro Estelar e seu bando de criaturas mutantes, que buscam a dominação das estrelas. Thundercats genéricos. Mas, ainda assim, bem legal.
Abertura: ASSISTA!

GALAXY RANGERS
Em 2086, dois alienígenas chegam a Terra em busca de ajuda. Como agradecimento pelos préstimos dos terráqueos, os aliens entregam a chave para que nosso planeta desenvolva a tecnologia do propulsor espacial. Podendo viajar para qualquer lugar do universo, seria necessário criar uma tropa que tomasse conta destas fronteiras - e eis que surgem os Galaxy Rangers, caubóis intergalácticos liderados pelo Capitão Foxx e que possuem implantes neurais que lhes dão habilidades muito especiais.
Abertura: ASSISTA!

SECTAURS
Em algum lugar no tempo e no espaço, existia um planeta chamado Symbion, no qual os seres evoluíram diretamente dos insetos para os mamíferos. O Príncipe Dargon, líder do pacífico Reino da Luz, e seus aliados estão em conflito com as forças da temível Imperatriz Devora, do Império das Trevas, pela conquista das Colméyas - fortalezas de uma civilização antiga que guardavam o segredo para o poder supremo. Cada personagem tinha um "elo telepático" com uma criatura insetóide da raça dos...Insetóides (uau, hein?).
Abertura: ASSISTA!

OS CAVALEIROS DA LUZ MÁGICA
Os sóis do planeta Prysmos se alinham. Vem a catástrofe, que joga o planeta em uma era na qual a tecnologia é deixada de lado em prol da magia. Em busca da paz, o mago Merklyn (entendeu?) dá um grupo de guerreiros o poder de se transformarem nos animais retratados nos prismas holográficos em seus peitos. Bem legal. Pra vender bonequinhos, claro.
Abertura: ASSISTA!

GALTAR E A LANÇA DOURADA
Em um mundo de ambientação "fantasia + ficção científica", somos apresentados ao guerreiro platinado Galtar e sua poderosa lança dupla, em busca do déspota Tormack, responsável pela morte de seus pais. Em sua busca, nosso herói recebe a ajuda da bela princesa Goleeta e seu irmão telecinético Zorn - uma dupla que também tem suas contas para acertar com Tormack, já que o vilão roubou o mágico escudo dourado da moça Por falar nesta arma, vale lembrar ainda que o próprio Tormack está de olho na lança dourada de Galtar, já que "escudo + lança = poder máximo".
Abertura: ASSISTA!

BRAVESTARR
Misturando ficção científica e faroeste, somos apresentados ao século XXIV. Bem-vindo à cidade (ou seria planeta?) de New Texas, onde a lei é o xerife Marshal Bravestarr - um indígena que pode invocar poderes totêmicos como a força do urso, os olhos do falcão, a velocidade do puma e os ouvidos do lobo. Ao lado de seu fiel escudeiro, o cavalo ciborgue Trabuco (que se transformava e ficava de pé sobre as patas traseiras, sempre com um enorme canhão energético de prontidão), enfrentava a quadrilha de Tex-Hex, um bandidaço que estava de olho nas fartas reservas do valioso minério Kerium.
Abertura: ASSISTA!

POLE POSITION
"Pole Position" é o nome de uma agência secreta liderada pelo Dr. Zachary Darrett e na qual trabalham como agentes seus sobrinhos adolescentes, Dan e Tess Darrett, além das duas inteligências artificiais instaladas em seus carros, Rodão e Wheels. Em suas investigações ao redor do país, eles usam um show de malabarismos automobilísticos como disfarce.
Abertura: ASSISTA!

DINOSAUCERS
Duas diferentes raças de seres evoluídos dos dinossauros saem de seu planeta-natal, Reptilon, e acabam indo parar em um pequeno planetóide azul em outra dimensão, onde vão continuar sua guerra (ah, vá!). Já aqui na Terra, os bondosos Dinosaucers (liderados pelo sempre presente Allo) se tornam amigos de um quarteto de adolescentes, capitaneados pelos irmãos Ryan e Sara Spencer, que vão ajudá-los a combater os terríveis Tyrannos, comandados por Genghis Rex.
Abertura: ASSISTA!

SPIRAL ZONE
Dr. James Bent, um militar renegado, usa uma nave espacial para lançar um vírus que vitima metade da Terra, transformando em escravos-zumbis. Usando roupas especiais que os protegem dos efeitos do controle de Bent (agora atendendo pelo nome de Overlord), cinco soldados de diversos países são escolhidos para adentrar a zona de perigo e chutar alguns traseiros. E viva a enorme roda motorizada controlada pelo comandante Dirk Courage.
Abertura: ASSISTA!

Um comentário:

Sandro Ribeiro disse...

O Galaxy Rangers, junto com Caverna do Dragão e, mais recentemente, The Spectacular Spider Man e Wolverine and the X-Men, é um que eu lamento de terem parado de produzir antes que certos arcos de histórias fossem concluídos.
No caso do Galaxy Rangers sempre fiquei decepcionado porque o Capitão Fox nunca recuperou o elemento (não lembro o termo usado) para despertar a mulher dele.