02/05/2011

.: QUADRINHOS .: Cicatrizes

Dizer que “Cicatrizes”, graphic novel do norte-americano David Small, segue “a linha de Retalhos”, é de uma preguiça sem tamanho. Tudo bem, são duas obras auto-biográficas, com altíssimo teor dramático – mas as semelhanças vão parando por aí. Small, que fez uma carreira de mais sucesso como ilustrador infantil do que como quadrinista, aproveita a experiência de comunicação com o público infantil para narrar as suas próprias lembranças infantis em tom onírico, quase como uma espécie de conto de fadas em tons de cinza. Enquanto “Retalhos” bebe claramente na fonte de Will Eisner e de sua linguagem cinematográfica, “Cicatrizes” tem como principal influência “Alice no País das Maravilhas”. Com uma belíssima pintura aquarelada em P&B, sua arte quase surreal e imperfeita, sem muitos detalhes e que não se preocupa em finalizar certos contornos, tem também ecos do cinema mudo e do expressionismo alemão. Em resumo: um trabalho lindíssimo, emocionante e digno de nota.

Na trama, David tem que lidar com uma mãe gélida, sem qualquer sinal de emoções – enquanto seu pai, médico de Detroit, tenta curar seus problemas respiratórios usando aplicações constantes de radiação. As implicações na garganta foram piorando com o passar dos anos até que, aos 14, David acordou do que deveria ser uma cirurgia aparentemente simples quase sem voz. Uma de suas cordas vocais tinha sidoi removida. Ele tinha câncer. E não sabia. A lembrança que ficou? Uma imensa e tenebrosa cicatriz no pescoço. Então, aqueles desenhos com os quais começou a se descobrir ainda criança o fazem aprender a lidar melhor com toda a angústia e raiva acumuladas que explodem de uma única vez, devidamente alimentadas pelas sufocantes experiência de um menino criado numa redoma de vidro.

Ah, é claro, “Cicatrizes” tem outra semelhança notável como “Retalhos”: é daquelas histórias que, por maiores que sejam, você não consegue parar de ler e devora, sem perceber, num piscar de olhos.

CICATRIZES (Stitches)
Roteiro e arte: David Small
Editora: Leya Cult
Formato: 18 x 23 cm - Brochura
Nº de páginas: 336 páginas
Preço: R$ 39,90

Nenhum comentário: