14/05/2011

.: QUADRINHOS .: Minha formação dos X-Men

Antes de tudo: vamos esquecer de vez o Wolverine e a Jean Grey, pelamordedeus. Eu, pessoalmente, não gosto de nenhum dos dois, O primeiro já faz parte dos Vingadores e, cá entre nós, acho que ele já não combina mais com o formato 'equipe' depois dos últimos acontecimentos na cronologia da editora, funcionando melhor como um 'cavaleiro solitário'. Participações especiais poderiam ser estudadas. Quanto à Jean Grey...sem a entidade Fênix, ela não tem a menor graça. E possuída pelo espírito da ave cósmica, ela fica forçada demais. Também está fora.

- CICLOPE - o líder intelectual, ideológico e militar, herdeiro legítimo do legado de Xavier. Impossível pensar em um bom grupo de X-Men sem o sujeito no comando, o bom e velho sargento rabugento.

- TEMPESTADE - a líder de campo, uma mulher de personalidade forte para bater de frente com o Ciclope em boa parte de suas decisões. Imagine as possibilidades de roteiro. Além disso, sempre é bom ter do seu lado alguém que controla o clima...

- ARCANJO - querem um sujeito soturno, misterioso e sanguinário? Façamos assim: tirem aquelas asas estúpidas do Warren, recoloquem aquelas máquinas de matar metálicas e repintem o sujeito de azul. Acrescente aí uma boa dose de ódio e sofrimento. Bingo.

- COLOSSUS - a força bruta em pessoa...e, ao mesmo tempo, o sujeito mais calmo, silencioso, doce e sensível da tchurma. Fantástico. E ainda ajuda a suprir a cota de estrangeiros.

- NOTURNO - por falar em 'estrangeiro', nunca poderia deixar o Noturno de fora. Além de seus poderes de grande utilidade e de sua habilidade como espadachim, ele é um elemento de humor fortíssimo e também um dos personagens favoritos dos fãs...e meus também.

- GAMBIT - não adianta, eu adoro este cara. Ele é carismático, divertido, cheio de estilo e mulherengo - além de fazer escolhas moralmente questionáveis. Outro tipo de membro indispensável no roteiro de uma equipe.

- FERA - o cérebro que sempre vai surgir com a solução brilhante em meio a um de seus chistes jocosos. E nunca é demais ter pessoas azuis num grupo de heróis.

- PSYLOCKE - a telepata. A gostosona. A femme fatalle. Tudo isso sem precisar dizer por aí que tem uma poderosa entidade interplanetária queimando dentro do seu corpo.

- HOMEM DE GELO - a juventude de ações estúpidas e impensadas que dão gosto a qualquer história e sempre colocam o restante dos companheiros em apuros.

- MERCÚRIO - dois motivos - 1) ele é um velocista. E eles são sempre úteis. 2) ele é filho do maior inimigo do grupo e maior terrorista do planeta. Possibilidades criativas infinitas envolvendo um sujeito sempre caminhando na linha entre o bem e o mal.

- KITTY PRYDE - a inocência e o coração, que sempre acabam derretendo o coração do Ciclope e fazendo com que os X-Men pensem primeiro em salvar os amigos e só depois em acabar com a ameaça mundial da vez.

Membro Reserva: DESTRUTOR - tá precisando de uma máquina de destruição para daqui a cinco minutos? Peça ao líder do grupo para ligar no celular do seu irmão mais novo. E tá resolvido.

E você? Quero ouvir sua opinião. Fala aí nos comentários, rapá!

Um comentário:

Pablo WD disse...

gostei demais da formação. Ciclope, Colossus, Noturno e Kitty são essenciais. Tiraria o Gambit (nunca curti) e o Mercúrio e colocaria a Vampira (mais uma gostosa e dessa vez problemática, bom demais) e, como meio-vilã, meio-heroína, a perfeita Rainha Branca (melhor opção que o Morrison fez).
E concordo em gênero, número e grau quanto à Fênix e ao Wolverine.
Abraço - Pablo WD (mundowd.wordpress.com)