15/06/2012

.: MÚSICA .: Lars Ulrich e sua boca gigantesca

Olha só, chega um dado momento na sua vida em que você não tem mais que sair dando satisfações por aí, sabe? Foi exatamente isso que pensei quando os caras do Metallica anunciaram as bandas convidadas do seu Orion Festival – organizado pela banda e a ser realizado nos próximos dias 23 e 24 de junho, na cidade de Atlantic City. Eles escolheram quem bem quiseram, não se focaram no óbvio das bandas de metal, ampliaram o espectro de atuação e estão mais do que certos. Nem tenho o que dizer. Ninguém teria, aliás, porque uma banda com o tempo de estrada que tem o Metallica não precisa se desculpar por nada – nem mesmo por Lulu, aliás.

Mas o pentelho do Lars Ulrich, o assassino do Napster, resolveu abrir aquela boca grande novamente.
“Para mim, ter os caras do Arctic Monkeys tocando [no Orion] será algo grandioso. Eu os vejo como uma banda de metal disfarçada de banda indie”, disse o dono das baquetas do Metallica. Mas não acabou. Teve mais. “Quando você ouve músicas como Perhaps Vampires Is a Bit Strong But…, você percebe que há algo semelhante ao Rush ali”.

Olha só. Quer escolher o Arctic Monkeys para tocar no seu festival, fique à vontade. O festival é SEU, as escolha são SUAS. Quer colocar The Gaslight Anthem, Cage The Elephant, Hot Snakes? Numa boa. Nada tenho contra os Arctic Monkeys, preciso dizer. Acho que eles são uma boa banda indie, com alguns hits gostosinhos, até. E ponto. O caso é que o Lars parece nitidamente estar querendo se defender das toneladas de críticas dos cabeludos xiitas que esperavam uma escalação formada por nomes do naipe de Exodus, Testament e afins. E ele simplesmente não precisava. Porque, diachos, bangers podem (e devem!) ouvir outras coisas fora do mundinho metal.

Mas, Lars, meu querido, não precisa exagerar, né? Não precisa justificar, não precisa criar um escudo, não precisa dizer aos xiitas que, no fundo, você continua “do metal” porque você trouxe para tocar no seu palco uma banda indie que é “do metal”. Que bobagem, meu velho. O Arctic Monkeys é indie e acabou. Qual é o problema nisso? Dizer que tem Rush no som deles? Mas larga mão, rapaz! Ao invés de tentar se cobrir por todos os lados, seja macho e suba ao palco para tocar com os Arctic Monkeys – mas toque uma música deles, e não os force a tocar uma música sua, o que seria o caminho bem mais fácil.

Ê, Lars. Fale menos e toque mais, homem.

Um comentário:

Anônimo disse...

Hey!

Very interesting post!

I found some more.. take a tour:

The Art of seduction - Tips to Seduce - Seduct whith Style
Seduce whith Style, Glamour.. Find what he/her want and let the most classic tips do the rest! Find what we all can do to Seduce, atract and Flirt! Stylish...Glamorouse..Always! Free yourself and Enjoy!
http://seducetip.blogspot.pt/


Cheers!