20/07/2012

.: FRASE DA SEMANA .: Scott Snyder (roteirista do Batman)

...em uma descrição perfeita sobre a dinâmica da relação entre o Batman e o Coringa:

 "Eu acho que ele se considera o bobo da corte do Batman, como se Batman fosse o rei. O jeito que ele serve a Batman é tornar reais os piores pesadelos do herói, para deixá-lo mais forte. Ele conhece os segredos mais obscuros, o lado negro no coração do homem-morcego... Ele gosta deles. Diz para Batman não ter medo deles... 'Celebre as coisas que o tornam patologicamente igual a mim, porque elas são maravilhosas.' Para mim, isto é o Coringa, ele é o demônio no ombro de Batman. Ele sabe como abordá-lo, sabe do que ele tem medo... E é por isso que gosto tanto do personagem, porque ele quer que o Batman ria dessas coisas junto com ele, mas elas são horríveis"


Em outubro, na edição 13 desta nova revista do Batman pós-reboot, Snyder vai trazer o Coringa de volta. O vilão sofreu um destino horrível na primeira edição, tendo a pele do rosto completamente arrancada pelo Dollmaker - e vai retornar com um novo (e, segundo consta, chocante). Esta ausência de mais de um ano teria sido planejada de antemão, para pegar o Cavaleiro das Trevas com a capa na mão e com a ambição de criar um embate tão clássico quanto "A Piada Mortal". Não à toa, a história se chamará "Death of the Family", em referência clara à história na qual o Coringa matou violentamente o Robin Jason Todd. E mais: o Coringa ainda vai visitar todos os integrantes da chamada bat-família em seus respectivos títulos, indo do Asa Noturna aos Jovens Titãs (liderados pelo Robin), passando ainda pela Batgirl e pelo Esquadrão Suicida, do qual faz parte a igualmente maluquete Arlequina.

Bingo. Eis a primeira história deste reboot que realmente tenho vontade de ler.

Nenhum comentário: