25/09/2012

.: QUADRINHOS .: Capitão América vira presidente dos EUA


A Marvel Comics está aproveitando mesmo toda a liberdade que uma cronologia alternativa como a do Universo Ultimate lhes permite para virar as versões alternativas de seus personagens do avesso. Além do Nick Fury negro, das mortes (pra valer, sem possibilidade de volta!) do Homem-Aranha e do Wolverine, do Reed Richards transformado em vilão e do Magneto que pirou e inundou Nova York, agora é a vez do Capitão América se tornar presidente dos EUA.

Vai começar a rolar como parte da saga “United We Stand”, que começa em Ultimates #15, edição que acaba de ser publicada lá fora. Recentemente, no mundo Ultimate, a capital americana de Washington foi devastada por uma bomba, causando o surgimento de diversos movimentos separatistas. O Capitão vai aceitar o cargo depois que o seu nome for escrito milhões de vezes nas cédulas eleitorais, por mais que ele não tenha se candidatado oficialmente.

Em pleno ano eleitoral, a história não poderia ser mais adequada: "Estes EUA estão sendo partidos por oportunistas que só querem dividir para conquistar. É uma metáfora do que acontece no mundo real, mas com esteróides", afirma o editor-chefe da Marvel, Axel Alonso, em entrevista ao Washington Post. Os roteiros são de Sam Humphries, com arte de Billy Tan (edição 15) e do brasileiro Luke Ross (edição 16, quando acontece de fato a posse).

Nenhum comentário: