19/11/2012

.: MÚSICA .: Resenha .: O Embate do Século: Ultraje a Rigor vs. Raimundos

Não vamos entrar no mérito das discussões, via imprensa e/ou redes sociais, entre Roger Moreira, do Ultraje a Rigor, e a dupla Digão/Canisso, dos Raimundos, a respeito da possibilidade (ou não) de uma turnê conjunta para divulgar este disco. E vamos ao que interessa por aqui: o disco propriamente dito. Inspirada em um projeto da gravadora norte-americana BYO Records, que fez uma série de discos similares com grandes bandas da década de 90, a brasileira Deckdisc produziu “O Embate do Século: Ultraje a Rigor vs. Raimundos”.

O conceito é bem simples: cada banda seleciona sete canções da outra e as regrava como bem entender, dando o seu toque pessoal e fazendo uma reinterpretação única. Neste caso, colocando em oposição dois representantes do rock nacional cujo tipo de som é bastante divergente mas que têm em comum o bom-humor de suas composições, o resultado é bastante divertido e gera faixas incrivelmente curiosas.


“O Embate do Século” começa com o Ultraje a Rigor, que adequa a pancadaria e a verborragia dos Raimundos a sua música leve e de humor sutil e inteligente. “I Saw You Saying”, por exemplo, parece ter sido feita na medida certa para a trupe de Roger – e justamente por isso acabou se tornando o primeiro single desta primeira parte. O mesmo pode se dizer do hino quase pedófilo “Me Lambe” ou de “O Pão da Minha Prima” (que ganha uma gostosa levadinha quase ska). Uma das grandes surpresas fica justamente em uma das músicas mais emblemáticas dos Raimundos, “Eu Quero Ver o Oco”, conhecida originalmente pela fúria mas que, sob a batuta de Roger e cia., mistura a porradaria com uma levadinha instrumental que chega a resvalar no jazz (ei, e por que não?). E o que dizer, então, de “Selim”, cuja sonoridade de meio música brega torna-se uma surf music a la Beach Boys e que merecia, sem dúvida, passar a integrar oficialmente o setlist do Ultraje?

Já a homenagem dos Raimundos, contando com Digão nos vocais, abre com uma versão hardcore de “Rebelde Sem Causa”, acelerando as guitarras e convidando o ouvinte a bater cabeça – assim como acontece, por exemplo, com a interpretação meio Ramones para “Ciúmes”, na qual dá para imaginar um bando de punks abrindo a roda e preparando a botinada. Ou ainda no caso do andamento “1, 2, 3, 4” de “Nada a Declarar”, que poderia facilmente ter sido composta pelo grupo em sua áurea época ao lado de Rodolfo e Fred, ambos ex-integrantes originais. E se a versões do quarteto de Brasília para “Mim Quer Tocar” e “Eu Gosto de Mulher” não são assim tão diferentes das originais, vale um imenso destaque para “Inútil”. As guitarras furiosas e aceleradas e a bateria a mil por hora dão-lhe uma roupagem quase thrash metal, quase como se o Metallica das antigas resolvesse que quer cantar em português...se isso fosse possível, claro.

Confesso que, ao ouvir “O Embate do Século”, dá mesmo uma vontade de ver Raimundos e Ultraje caírem na estrada juntos. Mas é melhor eu nem tocar mais neste assunto ou corro o risco de levar uma bordoada virtual de um dos envolvidos.

Line-up:
Ultraje a Rigor
Roger Moreira - Vocal e guitarra
Mingau - Baixo
Bacalhau - Bateria
Marcos Kleine - Guitarra

Raimundos
Digão - Vocal e guitarra
Canisso - Baixo
Marquim - Guitarra
Caio Cunha – Bateria

Tracklist:
1. Puteiro Em João Pessoa (Ultraje a Rigor canta Raimundos)
2. O Pão Da Minha Prima (Ultraje a Rigor canta Raimundos)
3. Eu Quero Ver O Oco (Ultraje a Rigor canta Raimundos)
4. I Saw You Saying (Ultraje a Rigor canta Raimundos)
5. Me Lambe (Ultraje a Rigor canta Raimundos)
6. Papeau Nuky Doe (Ultraje a Rigor canta Raimundos)
7. Selim (Ultraje a Rigor canta Raimundos)
8. Rebelde Sem Causa (Raimundos canta Ultraje a Rigor)
9. Nós Vamos Invadir Sua Praia (Raimundos canta Ultraje a Rigor)
10. Ciúme (Raimundos canta Ultraje a Rigor)
11. Mim Quer Tocar (Raimundos canta Ultraje a Rigor)
12. Inútil (Raimundos canta Ultraje a Rigor)
13. Eu Gosto De Mulher (Raimundos canta Ultraje a Rigor)
14. Nada A Declarar (Raimundos canta Ultraje a Rigor)

Nenhum comentário: