05/12/2012

.: QUADRINHOS .: Karen Berger está fora da Vertigo


"Uma mudança profissional em busca de novas oportunidades". Foi assim mesmo, de maneira sucinta e corporativa, que Karen Berger anunciou, em comunicado oficial, a sua saída do cargo de editora da Vertigo - por uma decisão pessoal, dizem. A demissão abalou o mercado de quadrinhos porque estamos falando da mulher que fundou o selo de HQs adultas na DC Comics e o vinha comandando com mão de ferro há duas décadas.

O Bleeding Cool, principal informativo especializado do mercado de quadrinhos, ventila que a movimentação se deu justamente porque a DC está "importando" alguns de seus personagens para a cronologia regular da editora, pós-reboot. É o caso de John Constantine e Monstro do Pântano, apenas para citar os dois exemplos mais emblemáticos. Além disso, mudaram os contratos dos autores com o selo, diminuindo consideravelmente os seus direitos sobre as obras. Há quem, inclusive, afirme que a saída de Berger seja apenas o primeiro passo para a definitiva extinção da Vertigo - pelo menos, como a conhecemos.

A carreira de Karen Berger começou na década de 80, quando ficou responsável pelas séries de terror na editora, dando liberdade para ninguém menos que Alan Moore criasse suas tramas adultas no Monstro do Pântano, abrindo caminho para a entrada de uma série de autores britânicos independentes como Neil Gaiman, Grant Morrison e Garth Ennis, entre outros.

Nenhum comentário: