23/08/2013

.: MONDO NERD .: Ben Affleck será o Batman - e outras paradas!

A esta altura, todo mundo já gritou, esperneou, fez piada e rasgou a calcinha. Mas é a mais pura verdade: a Warner anunciou oficialmente que o ator Ben Affleck será o intérprete do Batman/Bruce Wayne no filme conjunto do Morcegão com o Super-Homem, a continuação oficial de "O Homem de Aço". Se esta era a intenção da WB, a de pegar todo mundo de surpresa e deixar os nerds de todo o planeta de calças curtas, eles foram muito bem-sucedidos. Eu mesmo jamais poderia esperar uma revelação destas, assim tão cedo - e envolvendo um ator que estava longe das bolsas de apostas até o momento. Alguém aí tinha ouvido falar no Affleck para viver o Batman? Eu tinha escutado os nomes de uns 10 atores diferentes, das mais distintas fontes, e em nenhum momento pintou qualquer aposta no Affleck.

Eu não posso dizer que gostei, assim como também não posso dizer que não gostei. Posso dizer, até o momento, que fiquei surpreso. Mas até que faz sentido, do ponto de vista corporativo, já que Affleck é atualmente o menino de ouro da Warner, dirigiu o último ganhador do Oscar, "Argo", e é um dos mais cotados, nos bastidores, para dirigir o filme da Liga da Justiça. Como diretor, ele já mostrou que tem talento. Mas como ator, infelizmente, não passa de uma estrela medíocre, mediana, meia-boca. É claro que isso causa preocupação. Tem gente a rodo lembrando da performance do sujeito em "Demolidor" - mas devo dizer que nunca achei este filme uma tragédia. É, no máximo, nota 5. A versão do diretor, que mostra uma trama jurídica cortada na íntegra, ajuda a melhorar o filme, ampliando sua nota para uns 6,5. Isso porque, embora Affleck não funcione como o Demolidor, mascarado, ele dá certo como Matt Murdock. E, vou ser honesto: não gosto do Christian Bale como Batman. Como Bruce Wayne ele está perfeito. Mas como o Cavaleiro das Trevas, com aquela voz forçada...rapaz, aquilo é, na falta de uma palavra melhor, tosco demais. Será que isso não significa que Affleck tem uma chance?


Pelo outro lado, muito se falou hoje sobre a reação negativa que a internet teve quando Heath Ledger foi anunciado para o papel de Coringa - e vejam só no que deu. A comparação também foi feita com relação ao Hugh Jackman mas, antes do Wolverine, ele era basicamente um desconhecido ator australiano de teatro, então isso não conta. Mas sobre Ledger, é preciso dizer: ele sempre foi um ator muito melhor do que o Affleck, mesmo antes do Coringa. Nesta, coitado, o futuro Batman perde feio. Ledger não surpreendeu quando interpretou o Coringa. Ele já tinha entregado excelentes performances em "Os Reis de Dogtown", "Não Estou Lá" e, goste você ou não, ele foi a única coisa realmente boa do superestimado "O Segredo de Brokeback Mountain". Veja, o Affleck pode nos surpreender positivamente, não me entendam mal. Mas usar o Ledger como base de comparação para tentar defender o Affleck é absolutamente injusto para o Affleck. Dito isto...

...eu preciso confessar que tamanho #mimimi me dá um bode danado. Pode ser que ele seja mesmo uma escolha equivocada. Mas vamos deixar para dizer isso quando ele estiver de uniforme.

Uma coisa dá pra dizer, até o momento: quem deve estar mesmo feliz é o Kevin Smith. Diretor, escritor de quadrinhos e nerdmaster, o amigão de Ben Affleck é também fãzaço do Batman. Imagina só a festança em New Jersey. Até o Bon Jovi deve ter sido convidado.



AH, MAS NÃO ACABOU!

Nos gibis da DC pós-reboot, pós-52, o Lobo já tinha aparecido, numas revistas (mal) desenhadas pelo Rob Liefeld. Mas não era ele. Era um impostor. O verdadeiro Lobo vai vir buscar o que é seu. E o seu novo visual é este.


Sério. Um Coringa intergaláctico ou um caçador de recompensas hipster? Você escolhe. "A lean mean killing machine", descreve Bob Harras, editor-chefe da DC (é tão engraçado escrever isso). O personagem vai aparecer em "Justice League #23.2: Lobo", a ser publicada nos EUA no mês de setembro, durante o chamado "mês dos vilões". A editora promete que ele será mais mortal e sério do que sua versão anterior - mas o que a DC não entende é que a grande graça do Lobo é justamente este humor negro, esta ultraviolência, esta total falta de tato e de comprometimento com o politicamente correto. Esta mania miserável de ter que "animezar" tudo para que as novas gerações gostem já deu no saco há muito tempo.

CALMA, NÃO ACABOU MESMO!

Enquanto isso, na Marvel. descobrimos que no número 21 da revista "Scarlet Spider", publicada nos EUA, teremos o retorno de um velho conhecido. Afinal, Kaine, o clone defeituoso de Peter Parker, vem usando o nome de Aranha Escarlate, que pertencia ao clone falecido Ben Reilly. Mas tudo indica que Reilly voltou do túmulo para buscar a identidade perdida. Não se sabe direito em quais condições isso deve acontecer. E confesso que ele foi a única coisa boa da miserável da "Saga do Clone". Mas já deu, né? Não precisava. Certas coisas, quanto mais se cutuca, mais elas fedem.


Agora a Marvel tem o Aranha Escarlate, o Aranha Escarlate original, o Homem-Aranha Superior, o Homem-Aranha 2099, o Homem-Aranha Ultimate - e o tradicional, que é o que interessa de verdade, sumiu nas mãos do maldito do Dan Slott. Ninguém merece.

Nenhum comentário: