03/10/2013

.: 5 PERGUNTAS PARA...João Guilherme Lopes, criador da Blue Comics

Acesse: https://www.facebook.com/bluecomicsoficial

1) Você acha que os super-heróis, esta criação tipicamente norte-americana, funcionam numa ambientação brasileira? Os leitores de fato se convenceriam de um sujeito de malha colorida combatendo o crime nas ruas de São Paulo?
Se for adaptado funciona, porém com muito cuidado e sempre tentando inovar e sair da mesmice e dos clichês! Não colorida, mas com um clima mais obscuro como o Justiça a turma adorou, só que ele é mais um cara com maquiagem de mimico, armas, sobretudo, cartola e com um clima bem noir. Como eu falei, adaptação. :)

2) Vocês estão com as equipes de roteiristas/desenhistas fechadas? Como um aspirante a quadrinista poderia trabalhar com vocês? Que atributos ele teria que ter? Estamos, porém de vez em quando rola vaga nova já que aparecem ideias novas e não quero perder nenhuma! É só mandar o material, avaliamos e, caso não passe, a gente sempre dá umas dicas, mas escolhemos geralmente os talentosos, aplicados e principalmente os que se mostram profissionais por mais que não sejam, não com desenhos ou roteiros mas com a estruturação, o modo de falar e essas coisas. Um roteiro sem nome ou uma mensagem que termine com "falow mano" eu nem leio! :)

3) A ideia de criar uma editora de quadrinhos brasileiros independentes se estende para além da web? Vocês pretendem uma parceria para serem impressos em alcance nacional? Como fazê-lo?
Claro, na verdade eu já tô procurando tudo isso, porém sempre com o modo que dá para rolar, parcerias por ora ainda são complicadas, mas sair em formato impresso já conseguimos, mesmo que APENAS esse por hora, mas em formato de bolso! Eu considero bem legal, porque pra mim que leio muito é complicado ficar andando com coisas na mão, espero que o público goste da ideia.

4) Vocês, que publicam tanto digital quanto tradicionalmente, não acham que as versões digitais das HQs tendem a acabar com os gibis impressos – ainda que a longo prazo?
Para ser sincero, eu espero e torço muito pra isso, os custos são menores assim, então o produto final é mais barato, mais acessível e ecologicamente correto!

4) Vocês acham que é viável viver apenas e tão somente de quadrinhos no Brasil?
Nem a Marvel vive só de quadrinhos, você tem que saber enquadrar e adicionar mais temperos a receita! Produtos oficiais, filmes, séries, estatuetas e o que render, mesmo que pouco, porque só de quadrinhos é complicado...

Nenhum comentário: